Inscreva-se agora

Como virei uma Nômade Digital

Conheça a história da Gabi, que trocou uma carreira de jornalista no Brasil pela de desenvolvedora em qualquer lugar do mundo

Como virei uma Nômade Digital
Compartilhar artigo
Já imaginou viajar o mundo inteiro trabalhando?

Após cinco anos atuando como jornalista no Brasil, Gabi decidiu se mudar para Nova York com a expectativa de arrumar um emprego rápido na área mas acabou se decepcionando. Ela relata a dificuldade que enfrentou para encontrar um trabalho na área à altura do que ela tinha no Brasil, o que acabou fazendo que que ela se sentisse frustrada profissionalmente. Na época seu marido estava fazendo um mestrado e estava aprendendo a programar em Python, e ela acabou se interessando pelo tema programação.


Escolhendo um curso de programação


"Eu tentei aprender a programar sozinha e não deu muito certo! hahahah"

Gabi descobriu o Le Wagon através de um amigo que fez o bootcamp no Rio de Janeiro e assim que se formou no curso de desenvolvimento web, foi trabalhar na sede da Booking.com em Amsterdam. 

Encantada com a história de seu amigo e decidida a aprender,  Gabi fez as malas e foi passar uma temporada no apartamento deste seu amigo em Amsterdam, onde fez o Bootcamp do Le Wagon em 2018.
Gabi atuando como TA
Trajetória como programadora
Onde você acha que estaria hoje se você continuasse com o caminho que você levava antes de fazer o Wagon?
Difícil dizer porque esses últimos 02 anos depois do Le Wagon foram muito importantes pra minha vida profissional e pessoal. Estava muito insatisfeita fazendo bicos em NY e saber programar devolveu minha auto-estima, lembrei que sou capaz de aprender e ensinar! Não consigo me imaginar sem o Le Wagon hoje! Faz parte da minha vida. Me sinto gratificada pois sinto que faço a diferença e posso gerar valor para os outros.

Programação: trabalhando de qualquer lugar do mundo

Hoje Gabi continua morando em Nova York, mas vive uma vida de Nômade Digital. Ela atua como desenvolvedora freelancer e entre um projeto e outro atua como instrutora do Le Wagon, devolvendo para a comunidade de alunos o que aprendeu. Seu escritório pode ser em sua própria casa ou em qualquer lugar do mundo.

Aprendi muito ensinando como professora, e além disso tive experiências incríveis pelo mundo, já fui convidada pela comunidade do Le Wagon para dar aulas para os cursos de programação em Tel Aviv, Amsterdam, Bruxelas, Barcelona, Madrid, Munich, Oslo, Rio de Janeiro e São Paulo!

Por que um Bootcamp de Programação?

Como foi a experiência durante o bootcamp?
No meu batch tinham 17 pessoas e eram 8 mulheres e 9 homens. Umas das turmas que ensinei em SP, tinham apenas duas meninas. Me senti privilegiada de poder estudar com tantas mulheres. Foi difícil mas eu estava muito empolgada e eu nunca imaginei que eu realmente me tornaria boa em programação a ponto de poder trabalhar com isso, como dar aulas como TA. Pensava que iria trabalhar como Product Manager. Nunca dediquei tanto tempo para uma coisa mas foi muito recompensador. Acredito que o ISA pode trazer mais diversidade pras turmas e também para o mercado de trabalho. É muito importante formar desenvolvedores com soft-skill e o lado mais humano e com olhar de produto. Tinham mais dois brasileiros. Professores incríveis e a estrutura de lá também é incrível. Toda segunda a Ana pagava uma parte dos hamburguers da turma! hahaha Agora eu coleciono camisetas e moletons do Le Wagon.

Para quem não sabe, ISA, ou Income Share Agreement é a opção de financiamento do nosso curso de programação onde você só começar a pagar quando for contratada.

👉
Quero saber mais detalhes sobre o ISA.

O que você conquistou hoje por ter as habilidades que o Le Wagon te proporcionou?
Liberdade gigantesca e segurança de saber que nunca vai faltar lugar pra mim no mercado de trabalho e ter a certeza que com a skills de programação e a habilidade de poder transformar linhas de código em um produto, me permite me reinventar o quanto for preciso. Isso me transformou numa pessoa mais segura e confiante, também por ter a rede de apoio da comunidade do Le Wagon.

Seja seu próprio chefe: aprenda a programar

E aí, curtiu a história da Gabi? Aqui você pode checar o Linkedin dela. Essa é só uma das mais de sete mil histórias que o Le Wagon ajudou a construir. Leia aqui outras histórias de mulheres programadoras formadas pelo Le Wagon.
 
Se ainda estiver em dúvida se programar é pra você, leia este artigo sobre por onde começar para aprender a programar do zero.

E se você já tem certeza que quer aprender a programar mas ainda não tem certeza qual a melhor maneira de para fazer isso, agende uma conversa conosco sem compromisso!
Deseja saber mais sobre o nosso curso de 9 semanas?
Baixe o programa do curso
Continue lendo
Learn to code

Por que React JS é tão poderoso?

Aqui você vai entender as nuances da biblioteca de javascript React JS e compreender tecnicamente quais características a torna tão poderosa, para que grandes empresas como Facebook e Twitter a utilizem no core de seus negócios.

Graduate stories

De advogada desempregada a engenheira de software em um ano

A história contada na primeira pessoa da Patricia, ex-advogada que virou dev back-end na Loft, uma das poucas startups unicórnios do Brasil.

Learn to code

Dicas para programadores em início de carreira

Felipe Couto, CEO e cofundador da Vulpi dá algumas dicas super valiosas para quem está iniciando na carreira e quer trabalhar na área.

Você tem interesse em estudar no bootcamp de programação número #1 do mundo?

We are in 39 cities worldwide.