jun 9 2020

Aprendendo A Programar Em Casa Com Le Wagon

Nossos alunos contam um pouco de suas experiências participando do bootcamp Le Wagon de forma remota!

Julia Mathias
Julia Mathias

4min read

Aprendendo A Programar Em Casa Com Le Wagon
O covid-19 causou mudanças repentinas em todas as esferas da sociedade, e não foi diferente para o Le Wagon. Tivemos que fazer uma transição rápida para um formato remoto. Apesar de ser uma situação diversa, este formato foi também uma oportunidade para alguns estudantes que moram em cidades onde o Le Wagon não possui campus. Rubem Medina é um destes casos: é aluno da turma atual em São Paulo mesmo morando no Paraguai:

“Faz um ano que queria fazer Le Wagon, e só não fazia porque é muito difícil deixar tudo por  2 meses (trabalho e essas coisas), e também o custo ficaria muito caro pra quem não é de São Paulo. Além do custo do curso, teria que gastar com hospedagem, comida, passagem, etc. Assim, nesse estilo remoto é muito cômodo pro aluno. E muito mais fácil pra ele se decidir fazer e se dedicar.”

Cursar um bootcamp remotamente também é uma ótima maneira de experimentar um modo de trabalho adotado por muitas empresas de tecnologia atualmente, como ressalta nosso aluno Pedro Miranda aluno do programa part-time no Rio:

“Eu encarei essa situação de cursar o bootcamp de forma remota como uma oportunidade para me adaptar ao o que eu acredito (e o que as tendências mostram) que será os empregos no médio-longo prazo: remotos. Nesse sentido o bootcamp me ensina além de programar, também trabalhar remotamente, me apresentando todas as ferramentas necessárias para essa transição.“

Também perguntamos aos nossos alunos as principais vantagens e desvantagens de um bootcamp remoto e como eles se organizam diariamente:

Vantagens:

  • Possibilitar a participação no curso mesmo estando em outro estado ou país — Itamar batch #409, BA
  • As vantagens são as principais bandeiras do trabalho remoto: não perco tempo me deslocando, posso sempre fazer minhas refeições em casa e consigo me concentrar melhor.  — Pedro batch #354, RJ

Desvantagens: 

  • A desvantagem seria estar distante da turma, mas acaba sendo minimizada pelo uso das virtual tables. Não sei como seria essa interação em outros bootcamps, ter as tables minimiza muito isso, em relação a proximidade com outros colegas. — Ale batch #408, SP

Rotina: 

  • Durante a semana eu me organizo como um full-time job, não somente pela atual situação do Covid, mas também porque além das aulas e exercícios de segunda a sexta, ainda separo meu tempo de forma a descansar cedo para estar bem disposto na manhã seguinte. E durante o final de semana, além de descansar aproveito para também revisar os principais pontos abordados durante a semana. — Itamar batch #409, RJ

  • Como sou part-time, minha rotina só afetada em 3 dias das semana. Eu trabalho normalmente das 08-18 e consigo cursar o bootcamp durante as horas vagas. Todo domingo eu faço um cronograma detalhado da semana, separando especificamente os dias e horas em que vou assistir as aulas e ter horas de estudos extra. Todo dia de manhã eu olho o cronograma e crio uma lista de afazeres para ir seguindo. Nem sempre as coisas acontecem tão harmonicamente como descrito acima mas tem me ajudado bastante a manter a disciplina e o foco. — Pedro batch #354, RJ