Inscreva-se agora

Por que deixei um salário alto no GitHub para seguir carreira solo

Descubra a história de John. Ele decidiu deixar seu trabalho como Diretor no GitHub para perseguir seu sonho de lançar sua própria startup e decidiu confiar no Le Wagon para iniciar sua nova jornada empresarial.

Por que deixei um salário alto no GitHub para seguir carreira solo
Apresentando o(a) ex-aluno(a) John Joubert Technical Specialist em GitHub Mais sobre John
Compartilhar artigo
Semana passada eu me demiti do Github. 

Eu abri mão da estabilidade no emprego (embora só Deus saiba o que isso significa hoje em dia), colegas excepcionais e a emoção de trabalhar para uma marca admirada dentro da comunidade de desenvolvedores - tudo por um futuro incerto de trabalhar para mim mesmo, construindo startups.

Eu estava ganhando um salário de seis dígitos por ano mais ações e bônus, e havia recebido várias promoções nos últimos dois anos.

Eu subi de cargo rapidamente na organização de Suporte no GitHub - passando de um colaborador individual (engenheiro de suporte) em 2016 para uma função de gerente em 2018 e, finalmente, uma posição de diretor no início de 2020.

Porque sair?

Não saí do GitHub porque não gostava do trabalho ou da empresa.

Na verdade, é um lugar inspirador para trabalhar e se você tiver a chance de trabalhar lá, eu recomendo que você aproveite a oportunidade.

Trabalhei com as pessoas mais inteligentes, gentis e empáticas, em uma empresa que está ajudando a construir o futuro. Eu não me arrependo de jeito nenhum.

Então, por que deixar tudo isso?

Para CRIAR.

Meu cargo no GitHub envolvia liderar, direcionar, motivar e gerenciar os objetivos da empresa (já ouviu falar de OKRs

Gerenciar pessoas é ótimo e gosto de pensar que sou um gerente e líder decente. Eu tive sucesso fazendo esse trabalho e adorei ajudar outros Hubbers a crescer e subir de nível em suas carreiras.

Mas lá no fundo, eu sentia uma coceira. Uma coceira que eu simplesmente não conseguia coçar.

Eu quero construir. Inovar, sonhar e perseguir ideias malucas - aproveitar esses milhões de impulsos elétricos aleatórios em meu cérebro - e transformá-los em algo real. Algo que posso ver, tocar e sentir.

Não há nada como o constante aprendizado e crescimento pelo qual você passa ao enfrentar os desafios da vida de uma startup. Não me interpretem mal, eu entendo muito bem o estresse, ansiedade, madrugadas e madrugadas associadas a este caminho (eu já fiz isso antes, mas isso é uma história para outro momento).

Porém, no final, o desejo de criar algo supera esses desafios.

Nesse momento, você pode estar pensando ... Porque não começar um projeto paralelo ou construir algo em seu tempo livre, enquanto continua recebendo um salário constante? Ótima pergunta! Eu concordo, essa seria uma abordagem melhor e, na verdade, é a que recomendo que a maioria das pessoas faça.

No entanto, há um grande obstáculo com essa abordagem. Um senão que eu simplesmente não poderia contornar.

Ele assume que você tem os recursos disponíveis de tempo e foco.

Foco, em particular, foi um desafio para mim. Para fazer meu trabalho bem no GitHub, tinha que dedicar uma capacidade mental e uma energia significativas - sem falar nas horas de cada dia. Encontrar tempo nos fins de semana ou após um longo dia simplesmente não funcionava.

Decidi que a oportunidade de ter o FOCO completo em meu próximo projeto valia o risco.

Financiando a jornada

Tenho a sorte de ter reunido recursos suficientes (dinheiro e investimentos) para poder ter pelo menos um ano de sustento que me permitirá explorar ideias e trabalhar em meus próprios projetos sem o estresse de ter que me preocupar em pagar as contas.

Isso foi ótimo no meu caso, mas a maioria das pessoas não pode simplesmente deixar seus empregos para trabalhar por conta própria, e eu entendo isso. Na verdade, eu recomendo fortemente que você não pare de trabalhar.

Em vez disso, você deveria tentar a abordagem recomendada de construir algo pequeno no seu tempo livre (se isso for algo que seu contrato de trabalho atual permitir) que gere receita. Existe uma comunidade inteira que você pode aproveitar para fazer isso acontecer - a Indie Hackers.

Faça esse projeto crescer até que a receita corresponda ao seu salário e, em seguida, vá com tudo. Essa abaordagem permitirá que você tenha muito mais liberdade para perseguir seus sonhos.

De qualquer maneira, é importante observar que você deve estar adequadamente preparado antes de deixar seu trabalho em tempo integral.
Aprenda a programar

Próximos passos

Eu programo desde que aprendi Delphi 5, quando tinha 16 anos.

Eu construí alguns projetos ao longo dos anos, mas não escrevi muito código (na verdade zero) nos últimos seis anos. Eu sei. Eu sei. É irônico quando você considera que trabalhei para o GitHub nos últimos quatro anos.

Dito isso, meu próximo passo imediato é fazer um curso intensivo sobre as ferramentas de que preciso para alcançar meus objetivos sem ter que depender de muita ajuda externa.



Pelos próximos dois meses, vou participar de um bootcamp no Le Wagon (já em andamento).
Le Wagon Web Development Bootcamp
Espero aprimorar minhas habilidades e aprender muitas habilidades novas que me permitirão a liberdade de criar sem depender de ninguém.

Depois disso, é hora de construir.

Minha estratégia (ainda em andamento) é lançar uma série de produtos nos próximos 12 meses - seguindo os passos de outras pessoas que observei e admirei enquanto construíam seus negócios em público e compartilhavam sua jornada ao longo do caminho.

Vou me inspirar em 12 startups em 12 meses e Hardcore Year entre outros.

E a partir daí, quem sabe o que pode acontecer.

Estou documentando e compartilhando minha jornada e percepções de cada etapa do caminho no Twitter também, então me segue lá para saber mais.

Deseja saber mais sobre o nosso curso de 9 semanas?
Go further illustration

Você tem interesse em estudar no bootcamp de programação número #1 do mundo?

Estamos em 43 ao redor do mundo

Laptop illustration